domingo, 28 de junho de 2015

Momento Reflexão: A Grandiosidade de um Jardim

    Olá, leitores! O post de hoje é uma prosa poética de minha autoria e eu AMEI esse meu texto, porque tá lindo demais (muito modesta! hahhaha). Eu sinto que consegui passar o que eu queria com ele. É bem subjetivo e aborda todos os assuntos e desafios relacionados a viver em sociedade. 


A Grandiosidade de um Jardim
    Nem uma rosa com sua beleza e complexidade é bem vista a todos os olhos. Como conseguirão, portanto, fazê-lo quando houver espinhos por ela espalhados? Nem as ondas quando trazem lindas conchas, que são verdadeiras joias do mar, são contemplados aos maus olhares. Como conseguirão, portanto, fazê-lo quando por elas algum imprudente for afogado?
    Na verdade, cada pessoa tem uma flor da qual deve cuidar e só conseguirá fazer dela o início de um belo jardim se perceber que a sensibilidade - tão quando o amor e a generosidade - é essencial nesse crescimento. Esse que mais depende de transparência de ser.
    Por isso - através desse entendimento - é desumano destratar algum jardineiro ou desprezar o seu carinho e cuidado ao regar seu jardim simplesmente porque ele gosta de flores diferentes de você ou porque ele usa técnicas diferentes da sua. Afinal, o que há de errado em ser diferente? E quem não é? A verdade é que somos diferentes dentro de nossas próprias semelhanças.
    O melhor a ser feito é expandir esse conhecimento e fazer com que mais pessoas saibam que admirar um bonito jardim, independente do quão excêntrico for, faz bem para a humanização - que é muito mais do que "ser humano" -, é ser compreensivo. É muito mais belo quando há esforço e dedicação na melhoria do próprio jardim, que é algo pelo qual deve-se buscar no dia a dia. 


    (Obs.: Caso alguém queira copiar para trabalho, post em rede social ou até em legenda, está permitido, desde que dê os devidos créditos.)

Espero que tenham gostado! Beijinhos ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário