domingo, 18 de março de 2018

3 livros que você PRECISA ler!

   Oi, gente! Tudo bom? O assunto de hoje é livros que quase ninguém fala e todo mundo precisa ler! Para isso, o vídeo desse domingo é para compartilhar meus 3 livros escolhidos. Vamos lá? Clique aqui para assistir no Youtube. 



Gostou? Não se esqueça de entrar nesse link e clicar no "gostei" pra me ajudar na divulgação. :)


Espero que tenham gostado! Beijinhos ♥

quarta-feira, 7 de março de 2018

Quote da Semana: Minha vida de Menina (Helena Morley)

    Olá, pessoal! Tudo bom com vocês? Já sabem que toda quarta-feira tem Quote da Semana da minha leitura atual aqui no blog, certo? 

    "Eu tinha muito inveja de ver meus irmãos montarem no cavalo em pelo, mas agora estou curada e não montarei mais na minha vida, pois vi que cair é horrível e machuca muito a gente. Como vou acabar mal o ano! Só desejo agora sarar e cair no campo. Como vou ser feliz quando estiver na beira do rio com a minha peneira, pescando!" página 114



    O quote escolhido para essa semana foi o que me fez refletir sobre coisas que são incríveis para algumas pessoas e talvez não sejam para gente, e como é necessário buscar felicidade nas pequenas coisas, visto que a Helena - protagonista desse livro-diário - morava no campo e toda sua felicidade se resumia aos detalhes da vida.



Espero que tenham gostado! Beijinhos ♥

domingo, 4 de março de 2018

Resenha: No seu pescoço (Chimamanda Ngozi Adichie)

     Oi, gente! Tudo bom? Hoje especialmente estou muito feliz por essa primeira resenha do ano no ar, ê! hahaha

    Vamos conversar sobre o primeiro livro de contos da escritora já renomada Chimamanda Adichie?



Título: No seu Pescoço
Escritora: Chimamanda Ngozi Adichie
Tradutora: Julia Romeo
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 328

Sinopse: 
A escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie vem conquistando um público cada vez maior, tanto no Brasil como fora dele. Em 2007, seu romance Meio sol amarelo venceu o National Book Critics Circle Award e o Orange Prize de ficção, mas foi com o romance seguinte, Americanah, que ela atingiu o volume de leitores que a alavancou para o topo das listas de mais vendidos dos Estados Unidos, onde vive atualmente. Ao trabalho de ficcionista, somou-se a expressiva e incontornável militância da autora em favor da igualdade de gêneros e raça. Agora é a vez de os leitores brasileiros conhecerem a face de contista dessa grande autora já consagrada pelas formas do romance e do ensaio. Publicado em inglês em 2009, No seu pescoço contém todos os elementos que fazem de Adichie uma das principais escritoras contemporâneas. Nos doze contos que compõem o volume, encontramos a sensibilidade da autora voltada para a temática da imigração, da desigualdade racial, dos conflitos religiosos e das relações familiares. Combinando técnicas da narrativa convencional com experimentalismo, como no conto que dá nome ao livro — escrito em segunda pessoa —, Adichie parte da perspectiva do indivíduo para atingir o universal que há em cada um de nós e, com isso, proporciona a seus leitores a experiência da empatia, bem escassa em nossos tempos.


    Sabe aquele livro que todos deveriam ler por conta do seu conteúdo que, mesmo simples, é complexo e forte? Cada personagem, história e conto foi criado com um cuidado característico da escritora; tem o papel fundamental de encantar o leitor e criar diversas reflexões espontâneas durante e após a leitura. O contexto histórico de todos os contos, contemporaneidade africana, principalmente nigeriana, é extremamente importante para as reflexões, visto que pouco sabemos da realidade das pessoas dos tantos países que existem. A leitura, portanto, torna-se, por vezes, desconfortável a partir do momento que notamos que pouco sabemos e, com isso, nada podemos fazer, o que - de modo algum - desanima a leitura. Pelo contrário, vemo-nos deslumbrados com a leitura e tudo que ainda não foi lido, mas já se percebe que será incrível. 
    
Fiz um vídeo falando melhor sobre o livro e está no canal, confira e dê seu like clicando aqui. :)





Espero que tenham gostado! Beijinhos ♥

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Quote da Semana: No seu pescoço (Chimamanda Ngozi Adichie)

     Oi, gente! Tudo bem? Uma das minhas últimas leituras foi o novo livro da maravilhosa Chimamanda Ngozi Adichie, No seu pescoço, lançado em 2017. Além de fazer um vídeo (que será o vídeo deste domingo lá no meu canal no YouTube), eu separei, então, uma frase de um momento marcante do conto "Jumping Monkey Hill", um dos quais mais retratam o preconceito racial sofrido por diversos personagens do livro, que é de literatura nigeriana, e do tratamento recebido pelas mulheres que são sexualizadas no seu ambiente de trabalho.

     "[...] No bar, ela tomou uma taça de vinho e escutou os outros conversarem sobre como os outros hóspedes de Jumping Monkey Hill - todos brancos - olhavam desconfiados para os participantes. O queniano contou que, no dia anterior, um casal bem jovem tinha parado e se detido um pouco ao vê-lo aproximando-se no caminho que vinha da piscina. A sul-africana disse que recebia olhares desconfiados também, talvez por só usar cafetãs estampados. Sentada ali, olhando para o breu da noite, ouvindo vozes suavizadas pelo álcool ao seu redor, Ujunwa sentiu uma aversão a si mesma explodindo na boca do seu estômago. [...]; a sul-africana disse que Edward jamais olharia daquele jeito para uma mulher branca, porque o que sentia por Ujunwa era desejo sem nenhum respeito." página 118/119 



Se isso não é um estímulo para ler esse livro, não sei o que é! 



Espero que tenham gostado! Beijinhos ♥