segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Novidade: Saga "Crepúsculo" é processada por perversão sexual e racismo

    Foi noticiado dia 18 deste mês a denúncia feita pelo estúdio Between the Lines Productions acusando a saga Crepúsculo, título original Twilight, de perversão sexual e racismo.



     De acordo com o Between the Lines Productions Studios, a perversão sexual se deve a "luxúria e eventuais relações sexuais entre uma garota de 17 anos, Bella Swan, e um personagem masculino, Edward Cullen, que tem quase 100 anos a mais”e o racismo por trazer “estereótipos unidimensionais sobre nativos norte-americanos e a cultura indígena, por meio da representação do personagem Jacob Black como um ‘bom selvagem’, ‘guerreiro sedento por sangue’ e ‘predador sexual’. E enfatiza hierarquias sócio-políticas e poder econômico baseadas na cor da pele em vez de traços de personalidade ou realizações”.
    Não é a primeira vez que o Between the Lines Productions Studios inventa uma. Houve um processo anterior á este, onde o estúdio de paródias pediu US$ 500 milhões para que a paródia Twiharder não fosse lançada, na minha língua, chama-se suborno. 

2 comentários:

  1. Admito que eu ri demais quando li isso, que absurdo, não ?
    Enfim, sou Alexia, do Blog Nuvens Literárias. E te indiquei para uma Tag ! http://nuvensliterariass.blogspot.com.br/2013/12/tag-por-alexia.html#more
    Obrigada, beijinhos :3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu quando soube tive um ataque de risos... hahah
      Obrigada por ter me taguiado, olharei seu blog!
      Bjok :)

      Excluir